Como fazer emplacamento?

 

Quer saber como proceder ao emplacamento do seu veículo? Recomendamos a leitura neste artigo, que explica os procedimentos necessários para tal realização.

 

1- Para a realização do emplacamento, a pessoa deve ser proprietário do veículo, ou procurador legal. O mesmo deverá apresentar uma procuração específica original e reconhecida em cartório.

 

Importante:

Fica dispensada a procuração, quando o grau de parentesco for comprovado. Por exemplo: Irmãos, filhos, cônjuges etc.

 

Ao adquirir em qualquer papelaria o formulário REVANAM em dua vias, é importante preencher com letra bastante legível.

 

2- Pessoa física, apresentar cópia do RG, CPF ou CNH. Já para pessoas jurídica, apresentar o CNPJ e contrato social com firma reconhecida.

 

3- Cópia do comprovante de residência, que poderá ser: gás, água, plano de saúde, IPTU, telefone, extrato bancário, condomínio, mensalidade escolar etc.

 

Importante:

Se na nota fiscal, para pessoa física, apresentar os dados do comprador e seu endereço, não há necessidade de apresentar o comprovante de residência.

 

4- Cópia da Nota Fiscal do fabricante.

 

5- 1ª via da nota fiscal da revenda (concessionária montadora).

 

Importante:

No anverso da nota, deverá constar o decalque legível do chassi.

 

6 – Dirigir-se ao prédio mirim do DETRAN, com o CPF (pessoa física) ou CNPJ (pessoa jurídica). Reconhecer a taxa de serviço, utilizando o código 403-0, em favor da Secretária da Fazendo do Estado de São Paulo, sendo o valor recolhido de R$57,29, para atendimento nos postos, ou R$81,84, para atendimento a domicílio.

 

7- Dirigir-se ao Setor de Classificação de Placas, para obter o número das placas.

 

8- Depois, dirigir-se ao DPVAT, para calcular o IPVA e seguro obrigatório do ano atual.

 

9- Com o RENAVAM preenchido, dirigir-se a qualquer agência bancária.

 

Importante:

O banco emitirá o comprovante de pagamento, com a devida “autenticação digital”.

 

10- Recolher o IPVA, seguro obrigatório e a taxa de R$165,17, referente ao registro do veículo no banco.

 

11- Tirar cópia do IPVA e seguro obrigatório, juntando com a documentação acima.

 

12 – Tendo em mãos a documentação dirigir-se a seção CRV.

Importante:

Proibido transitar com o veículo em vias públicas, sem as placas de identificação, exceto se o proprietário possuir a licença provisória especial para registro e emplacamento em municípios diversos. (Resolução – Contran nº 04/98)

 

>

Um comentário sobre “Como fazer emplacamento?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>