Posso cancelar um consórcio?

A lei 11.795 permite que os consorciados que desistirem do negócio não precisam mais aguardar o término para receber o seu dinheiro de volta. Depois de comunicar a saída, o participante terá o direito de receber os valores devidamente corrigidos. Porém, é importante ressaltar que esse recebimento não será de imediato. Para aqueles que desejaram sair do grupo irão se unir àqueles consorciados cancelados em que através de um sorteio mensal, pelo qual irão concorrer ao recebimento dos valores pagos a título da parcela.

 

Importante:

Não será devolvida a taxa de administração.

 

As contradições:

No contrato que o cliente assinou e as regras do Banco Central dizem que o mesmo tem a OBRIGATORIEDADE de esperar até o fim do grupo para receber a sua cota. Acontece que para muitos juízes, cujas interpretações são devidamente adotadas, o consumidor não é obrigado a esperar o fim do grupo, pois ele não teve como discutir essa cláusula com a empresa do consórcio.

Logo, neste caso, recomenda-se que o próprio procure um advogado para ingressar com uma ação no Juizado Especial Cível pedindo a devolução do seu dinheiro.

 

 

>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>